sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Antes e mesmo muito antes

A ignorância é uma benção
Saber dói
Saber antes dói
Muito antes mais ainda
Não apenas por saber
Por se importar

Por se importar
O estupro dói
A simples tentativa dói
Não só por saber
Sobretudo por se importar

Por saber antes que ela sim sentirá
Ela vai sentir falta
Antes
Mesmo muito antes
Quem vai sentir a sua falta?
Olha para a tua caveira também.

A ignorância é uma benção.
Não tem volta.
Antes tivesse.
Pílula azul?
Pílula vermelha?
Não há volta em nenhum dos casos.
Há meio do caminho.
Há indecisão.
Cisões.

Escolhido um caminho...
Andaria por estradas...
Com destinos idênticos
Felicidade
Antes e mesmo muito antes saber
Saber dos não saberes
E ter tanta consciência
Que sentes tanto
Tanta alegria junto
Tanta tristeza só de pensar que um dia fatalmente longe
Tanto antes aprendas que feliz e mais que feliz serás
E em assim sendo, serás por assim saber
Que assim estarás fazendo feliz à quem diz que te ama todos os dias.
Que assim estarás fazendo feliz à quem te dizia que te ama todos os dias.

E será sem bilhete de despedida
Antes será um saber.
Saber que será aleatória a percepção
Será quando por acaso se imaginar necessário
Quando se imaginar que é tempo de perguntar
Tudo bem?
E será um saber antes e muito antes
Sem conseguir saber a razão.
Só conjecturas possíveis
Sentem tanto. Se sentem tão...

Antes sem razão
Recém
Ainda sem razão
Bebê
Depois razão
Criança
Sem saber
Que comer e beber dependia de ação
Conjecturas
E antes e mesmo muito antes imaginação
Adoção?
Novela, ficção, delação, ...
Tarde demais.
Décadas de atraso.

Abrindo portas
Fechando
Elevador ou escadas
Descendo
Subindo
Continue a nadar
Continue a andar
Continue
Só o que vestes
Documento e lenço.
Sem! Só na música.

Escolhido um caminho...
Teus braços.
Escolhido quando
Compreendas
Escolhido um destino...
Paz
Escolhido quem vai...
Quem sempre esteve.
Quem vai?
Um tal de Amor
Ganhando e perdendo
Antes e mesmo muito antes já era assim
Sempre será!

Agora sabendo das novidades
Diante da própria caveira
Tão cheia de consciências
Não há remédio perto
Automedicação
Saber antes dói
Muito antes dói mais
Entorpecentes
Sem gelo!
Puro.
Na veia.
No coração.
Na mente.
Na frente.
Do espelho.
Da caveira.
Só! A origem e o reflexo.
O início e o fim.
Previsível.
Antes dói saber.
Muito antes dói um pouco mais.
Só para quem se importa.
Só para quem pulsa e sente pulsar.














Eu sou o fotógrafo!

Eu sou o fotógrafo!
Essa foto me enche de orgulho. Eu acho que ficou perfeita.