quarta-feira, 30 de abril de 2014

Dicas de músicas e clipes 2014

Não necessariamente novas.
Mas aqui vão alguns links para curtir umas músicas e relaxar.

In English:
Try Boyce Avenue, Beatrice Miller, Aviccii, Adele, Foo Fighters, Bruno Mars, etc.
http://www.youtube.com/watch?v=uzgp65UnPxA
http://www.youtube.com/watch?v=HzC2-GJu1Q8
http://www.youtube.com/watch?v=ekzHIouo8Q4
http://www.youtube.com/watch?v=d9geBjThzwI
http://www.youtube.com/watch?v=h_L4Rixya64
http://www.youtube.com/watch?v=jCya1yiFFP4
http://www.youtube.com/watch?v=k6M5C-oKw9k
http://www.youtube.com/watch?v=6EEW-9NDM5k
http://www.youtube.com/watch?v=WSUFzC6_fp8

Em Português:
Fagner, Ana Carolina, Djavan, Jorge Vercilo, Aviões do Forró,
http://www.youtube.com/watch?v=iALjT_ch-_Q
http://www.youtube.com/watch?v=z4j9BhlmSSU
http://www.youtube.com/watch?v=rJBcIlhPuMI
http://www.youtube.com/watch?v=XyLDlpZ_NfI
http://www.youtube.com/watch?v=s4e3u9kfWQw
http://www.youtube.com/watch?v=RSltbtS8h6o
http://www.youtube.com/watch?v=E2zz_18jUh0

En Français:
http://www.youtube.com/watch?v=aCGP87Ko2kM
http://www.youtube.com/watch?v=clnRpZiZnoc
http://www.youtube.com/watch?v=vGxOs9OrLYk
http://www.youtube.com/watch?v=863Yfx2g9Ks

Curtam!


Gota

Gota de saudade
Hoje estou pela metade
Gota de carinho
Fica sempre aqui pertinho
Gota se solidão
Escorra pelo chão.

Gota é pingo?
Pingo é  gota?

Gota de amor
Por quanto tempo durou?
Gota de lembrança
Alimenta a esperança
Gota d'água miudinha
És lágrima sozinha.

Gota pinga.
Pinga gota!

Gota d'água no sertão
Alimenta uma nação
Gota d'água quando seca
Despedaça, corta, aperta
Gota molhe a terra certa
Permita a transformação.

Gota é lágrima?
Lágrima é gota?

Gota d'água na face
Está doendo de verdade
Gota de sangue por dentro
Inunda o pensamento
Gota de atenção
Venha numa inundação.

Gota tem dono?
Dono da gota?!

Gota de sabedoria
Venha todo dia
Gota de sinceridade
Fale logo a verdade
Gota vazia
Não completa a melodia
Gota de pura bondade
Vá espalhar sua caridade
Gota amiga e companheira
Limpa alma, corpo, mente
Vence todas as barreiras.

Gota simples.
Simples gota.

Gota da sua vida
Ficou na despedida
Gota cresce a cada dia
Quem a nutria?
Gota em ti está marcada
Paixão anunciada
Gota de insegurança
És uma eterna criança
Gota molha o meu peito
Estou pensando a respeito
Gota! Um sorriso deu sinal
Está chegando seu Final.
                                                                                                 
                                                                    Francisco Braz Neto. 30/04/2014















sexta-feira, 25 de abril de 2014

Desequilíbrio

Francisco Braz Neto 25/04/2014

Já aconteceu com você?
 Gostar mais do que gostam de ti.
  Amar mais do que ser amado(a).
   Desejar mil vezes mais que ser desejado(a).
Esse desequilíbrio é questão de intensidade e carência, não é?
Carência é uma porcaria. Assumir este lado não dá muito orgulho para ninguém.
Por outro lado, ser intenso é praticamente um dom. Ser intenso por natureza e não forçado.

Depois de um tempo você pode perceber que há muita gente com a capacidade de atuar.
O choro não é real, não é dolorido, não é completo, não comove...

E os sorrisos? Não são contagiantes. Não são de corpo inteiro, não fazem os olhos brilharem, não estão em olhos brilhantes, não estão em olhos sorridentes.
Todos os sentimentos e expressões de quem não tem intensidade parecem espetáculos vazios, atuações rasas, carentes de vida.
Eu não entendo a dor e a, talvez, frustração de pessoas assim. Sabe-se lá quantas cascas elas tiveram de criar para se proteger das ameaças que se apresentaram em suas jornadas.
Eu entendo que com pancadas ou não da vida eu quero mais é sentir. Eu escolho que vou para a próxima sensação.
A minha exigência? Ser intensa! Ser real.
 Olhar nos olhos e pedir para o tempo parar.
  Abraçar e não querer largar.
   Dar um tempo em tanta racionalidade e ter espaço para emoções.
    Viver com medo de perder.
     Contar as horas para o próximo encontro e para qualquer reencontro.
      Ouvir as músicas românticas e ter certeza que quem as escreveu fala a mesma língua que eu.
       Ler poemas, assistir aos filmes do cinema, ver vídeos na internet e perceber fácil cada emoção e ao mesmo tempo que na tela ou nas palavras de um texto é tudo incompleto até o momento em que você sente.

Eu escrevo sentindo. Quando eu terminar este texto ele ficará com pouco efeito sobre mim ou até sem efeito nenhum se de nada eu lembrar, mas enquanto eu lembrar dele também lembrarei das emoções que o fizeram existir e quando eu voltar a lê-lo espero a completude de sentido.
Desequilíbrio.
 Desequilíbrio!
  Desequilíbrio.
   Desequilíbrio!    
    Não é o ideal.
Me ajude. Me provoque os sentidos. Olfato e tato.
Coração aguente firme!
Mesmo desequilibrado quero estar ao lado de quem sabe o bom do amor.
Mesmo desequilibrado quero estar colado à quem sabe amar.
Mesmo desequilibrado quero um telefonema ou uma mensagem de quem está lá.
Mesmo estando longe quero que me conte a simples verdade.
A sua pele responde ao toque meu?
Mesmo desequilibrado vai ser o silêncio o meu companheiro.
Desequilíbrio.
 Desequilíbrio!
  Desequilíbrio.
   Desequilíbrio!    
    Não é o ideal.
Mesmo desequilibrado quero que me conte a simples verdade.
A sua boca não sente saudade do beijo meu?
Mesmo desequilibrado quero agradecer todas as lembranças boas que você me deu.
O desequilíbrio, grande ou pequeno, é o resultado
de algo que aconteceu.
Desequilíbrio.
 Desequilíbrio!
  Desequilíbrio.
   Desequilíbrio!    
    Não é o ideal.
                                                É real.







Eu sou o fotógrafo!

Eu sou o fotógrafo!
Essa foto me enche de orgulho. Eu acho que ficou perfeita.